SliTaz GNU/Linux official and community documentation wiki.
.png

Differences

This shows you the differences between two versions of the page.

Link to this comparison view

Both sides previous revision Previous revision
Next revision
Previous revision
pt:handbook:development [2015/12/11 16:17]
genesis [Crie um SHell script]
pt:handbook:development [2015/12/28 17:45] (current)
genesis
Line 40: Line 40:
 ==== Dialog ==== ==== Dialog ====
  
-O Dialog pode criar Interfaces Gráficas para ferramentas de linha de comando como o '​tazkmap'​. Os arquivos de configuração encontram-se em ///​etc/​dialogrc//​ e/ou no diretório //​~/​dialogrc//​ de cada usuário. Abaixo um simples exemplo de uso do Dialog via um console ou terminal:+O Dialog pode criar Interfaces Gráficas para ferramentas de linha de comando como o Instalador do SliTaz. Os arquivos de configuração encontram-se em ///​etc/​dialogrc//​ e/ou no diretório //​~/​dialogrc//​ de cada usuário. Abaixo um simples exemplo de uso do Dialog via um console ou terminal:
  
 <​code>​$ dialog --title "Hello $USER" \ <​code>​$ dialog --title "Hello $USER" \
Line 51: Line 51:
 $ tar xzf dialog.tar.gz $ tar xzf dialog.tar.gz
 </​code>​ </​code>​
 +
 +===== Beaver =====
 +
 +Beaver é um simples, leve e rápido editor de códigos que oferece destaque a sintaxes. Ele pode ser encontrado no menu -> //​Desenvolvimento//​ -> //Editor de Códigos//. Depois de executado pela primeira vez, você pode editar suas preferências através do botão //Edit//. Pode-se executá-lo em um console através do comando:
 +
 +<​code>​$ beaver &</​code>​
  
 ===== IDE Geany ===== ===== IDE Geany =====
Line 58: Line 64:
 ==== Executar o Geany ==== ==== Executar o Geany ====
  
-Você encontra ​o Geany no menu --Desenvolvimento --> Geany. ​Após sua primeira execução, você pode ajustar suas preferências através da opção de menu Edit --> Preferences. Pode-se também iniciá-lo pelo terminal:+Você pode instalar ​o Geany com: 
 + 
 +<code># tazpkg get-install geany</​code> 
 + 
 +Após sua primeira execução, você pode ajustar suas preferências através da opção de menu Edit --> Preferences. Pode-se também iniciá-lo pelo terminal:
  
 <​code>​$ geany &</​code>​ <​code>​$ geany &</​code>​
Line 85: Line 95:
 A primeira linha de um script Perl define o caminho para o interpretador Perl, que geralmente se encontra em ///​usr/​bin/​perl//​. Para mostrar qualquer texto, use o comando //print//. Deve-se notar que o Perl é "case sensitive"​ (diferencia minúsculas de maiúsculas) e que cada linha de código sempre deve terminar com um ponto-e-vírgula. Código de exemplo (você pode copiar e colar): A primeira linha de um script Perl define o caminho para o interpretador Perl, que geralmente se encontra em ///​usr/​bin/​perl//​. Para mostrar qualquer texto, use o comando //print//. Deve-se notar que o Perl é "case sensitive"​ (diferencia minúsculas de maiúsculas) e que cada linha de código sempre deve terminar com um ponto-e-vírgula. Código de exemplo (você pode copiar e colar):
  
-<code>#​!/​usr/​bin/​perl+<file>#​!/​usr/​bin/​perl
 # #
  
 print "Hello World!\n";​ print "Hello World!\n";​
-</code>+</file>
  
 Para executar e testar o script: Para executar e testar o script:
Line 101: Line 111:
 Uma vez configurado o servidor, você pode colocar seu CGI em na sua pasta //​$HOME/​Public/​cgi-bin//​ usando as extensões //.pl// ou //.cgi// e visualizá-los localmente ou remotamente. Exemplo de um script CGI escrito em Perl: Uma vez configurado o servidor, você pode colocar seu CGI em na sua pasta //​$HOME/​Public/​cgi-bin//​ usando as extensões //.pl// ou //.cgi// e visualizá-los localmente ou remotamente. Exemplo de um script CGI escrito em Perl:
  
-<code>#​!/​usr/​bin/​perl+<file>#​!/​usr/​bin/​perl
 # #
 print "​content-type : text/​html\n\n";​ print "​content-type : text/​html\n\n";​
  
 print "Hello World!\n";​ print "Hello World!\n";​
-</code>+</file>
  
 ===== Python ===== ===== Python =====
Line 122: Line 132:
 ===== Toolchain - Bibliotecas,​ compilador C e ferramentas ===== ===== Toolchain - Bibliotecas,​ compilador C e ferramentas =====
  
-Para compilar programas a partir dos fontes ou o seu próprio código, você precisa de pelo menos o toolchain básico, constituido do Binutils, Glibc, compilador C, headers (cabeçalhos) do Kernel e o utilitário Make. Note que o toolchain é usado pelos desenvolvedores do SliTaz para compilar todo os sistema a partir dos fontes. Para instalar o meta-pacote e todas suas dependências:​+Para compilar programas a partir dos fontes ou o seu próprio código, você precisa de pelo menos o toolchain ​(kit de ferramentas) ​básico, constituido do Binutils, Glibc, compilador C, headers (cabeçalhos) do Kernel e o utilitário Make. Note que o toolchain é usado pelos desenvolvedores do SliTaz para compilar todo os sistema a partir dos fontes. Para instalar o meta-pacote e todas suas dependências:​
  
 <​code>#​ tazpkg get-install slitaz-toolchain</​code>​ <​code>#​ tazpkg get-install slitaz-toolchain</​code>​
Line 130: Line 140:
 <​code>​$ tazpkg search pkg-config</​code>​ <​code>​$ tazpkg search pkg-config</​code>​
  
-Se você desejar compilar aplicativos que se utilizem da biblioteca Ncurses, deve instalar o pacote ncurses-dev. Note que este pacote também fornece uma variedade de pequenos programas como o //tic// ou o //tack//:+Se você desejar compilar aplicativos que se utilizem da biblioteca Ncurses, deve instalar o pacote ​//ncurses-dev//. Note que este pacote também fornece uma variedade de pequenos programas como o //tic// ou o //tac//:
  
 <​code>​$ tazpkg search ncurses</​code>​ <​code>​$ tazpkg search ncurses</​code>​
 
pt/handbook/development.1449847068.txt.gz · Last modified: 2015/12/11 16:17 by genesis
<